Busca          

ARTIGOS

Custos e Orçamentos

Gerenciamento

Informática / T.I.

Novidades

Produção

Qualidade

Vendas

Home | Artigos

Últimos Artigos


Estratégias de comunicação e informação nas nossas empresas.

Estratégias de comunicação e informação nas nossas empresas.

A comunicação pode ser considerada o processo social básico, porque é ela que torna possível à própria vida em sociedade. Vida em sociedade significa troca, intercâmbio, esse eterno toma lá, dá cá entre as pessoas. E todo intercâmbio entre os seres humanos só é realizado através da comunicação. Se a base da sociedade é a economia, a base da economia é a comunicação e transformou-se numa grande indústria e num grande comércio, que movimentam muitos bilhões de dólares por ano. A comunicação e a informação determinarão o fracasso ou o sucesso de empresas e negócios na próxima década, mudará a estrutura dos mercados, o comportamento dos clientes internos e externos, e consequentemente as relações de trabalho. 

A informação é unilateral, ou seja, exige apenas transmissão. A informação é a matéria prima da comunicação, mas existe independente da comunicação. Enquanto que a comunicação é um processo bilateral, exige transmissão e recepção. Quando o receptor interpreta a informação, realiza-se a comunicação.


A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO EM NOSSAS EMPRESAS

Em tempos de Internet, onde prevalece a informação rápida e qualificada, a comunicação truncada não tem vez. Os especialistas continuam com a razão: a empresa ou o ser humano que não se comunica, ou tem pouco para contar ou tem muito para esconder. Em qualquer uma das situações expostas, ele estará sujeito a desvantagens em seus negócios.

Hoje, as empresas sabem que comunicar não é apenas um dever, mas um fator estratégico para conseguir alcançar o sucesso de seus negócios e a conquista da opinião pública.

Não menos importante do que a simples divulgação de produtos ou serviços, a comunicação externa é poderosa ferramenta para a empresa dialogar com a sociedade, dar satisfação de seus atos e conhecer expectativas, é um instrumento fundamental para construir e solidificar a imagem empresarial. 
Uma política de comunicação interna e externa clara e definida é reconhecida como fator estratégico para o sucesso da empresa.
A política de comunicação de uma empresa deve ser norteada por alguns princípios e o principal deles é a consciência do dever de informar à sociedade interna e externa sobre suas atividades. A nossa gráfica também precisa respeitar o direito democrático e universal à informação.
Por isso, deve exercer a transparência. A sociedade tem direito à informação e as ações de comunicação empresarial, para o público interno ou externo, visam informar e esclarecer.

 

COMUNICAÇÃO INTERNA

Recomendamos que a comunicação interna esteja calcada em elementos centrais da cultura administrativa que se transformam na percepção de como fazer, com que métodos, de que modo e sob a orientação de quais valores. A isso chamamos de INFORMAÇÃO que deve ser sempre ser escrita, em caso de informações técnicas e de conduta de processos. Considera-se boa a comunicação em uma empresa, quando se define objetivos claros, busca recursos humanos adequados às tarefas a serem executadas, empenha-se na motivação das pessoas, sabe buscar e compartilhar as estratégias mais adequadas para atingir os fins visados e, ainda, avalia e divide resultados.

Realizar tudo isso não é simples, quando se trata de administrar a comunicação interna, porque implica na gestão de pessoas, de processos e de resultados, o que impõe, de cara, alguns obstáculos. O mais complexo é o da cultura pessoal de cada funcionário. 

As gráficas nos dias atuais estão vivenciando momentos de insatisfação generalizada, em todos os níveis e serviços. Insatisfação com as políticas salariais adotadas, com os critérios de avaliação implantados, com a perda do sentimento de pertença e tantos outros. Exercitar o diálogo e direcioná-lo para o alcance da satisfação com o trabalho, com a convivência interna e com outros anseios são desafios dos comunicadores das empresas no plano interno.

As necessidades e as respostas estão centradas nos níveis hierárquicos inferiores, mas são os dirigentes que habitualmente traçam as políticas e, em realidade, lideram as mudanças. Assim, crê-se que a eficaz gestão dos processos comunicativos internos é possível. 
 

AS REDES INFORMAIS DE COMUNICAÇÃO INTERNA

Para identificar as redes informais de comunicação interna NA SUA GRÁFICA deve ser proposto que cada funcionário responda um questionário com cinco ou seis perguntas.

- Com quem você conversa sobre a rotina de seu trabalho?
- Com quem você discute novas ideias?
- A quem você recorre quando precisa se aprofundar num assunto?
- Quem você procura para discutir mudanças nos processos?
- Quem você procura, para saber o que está acontecendo na empresa?
- Com quem você costuma conversar sobre sua carreira e sobre o futuro?

Não estamos falando aqui de “Rádio Peão”!

O objetivo é fazer com que deem o nome dos colegas que costumam procurar para discutir diferentes assuntos. Esses círculos informais de conversas formam as diferentes redes. Por meio delas identificamos o nível de confiança que existem nas relações de trabalho, e assim conseguimos identificar o fluxo de informações na empresa.

Novas tecnologias de comunicação e informação estão mudando o relacionamento entre as empresas e seus diferente públicos, sejam eles internos ou externos. Podemos destacar, principalmente, a Internet.

A Internet promete e vem demonstrando ser uma poderosa ferramenta que proporciona transparência e agilidade nos sistemas de comunicação das empresas, e com certeza, perdurará por um bom tempo como principal veículo de transmissão e recepção de informações. É bom ressaltar que a Internet tem como criação, a Intranet, também muito utilizada na comunicação interna nas empresas. 
A imagem da empresa é muito importante para a sobrevivência da mesma. Para ter uma imagem consolidada é necessário transformar seus funcionários em verdadeiros embaixadores da boa vontade da sua gráfica. Em decorrência disso, tem se discutido a relação entre empregado / empregador. Assim, este artigo tratou da importância da comunicação interna para as empresas, as estratégias usadas por elas pra o bom relacionamento com seus funcionários, a eficácia da comunicação para com o público interno e a importância do profissional de RH nesse contexto.

Não basta ter uma equipe de grandes talentos altamente motivados. Se ela não estiver bem informada, se seus integrantes não se comunicarem adequadamente, não será possível potencializar a força humana da sua gráfica. PENSE NISSO e tenha um bom mês de Novembro.

 

Thomaz Caspary
Consultor de empresas gráficas e diretor da Printconsult Ltda.
(11) 3167-6939 - E-Mail: tcaspary@uol.com.br
www.printconsult.com.br


Data: 01-11-2017





         
Soluções Institucional Notícias Agenda Classificados
         
- Webgraf - Sistema de Gestão na internet - Empresa - Cliente em foco - Eventos Calcgraf - RH
- GPrint - Sistema Integrado de Gestão - Depoimentos - Artigos - Eventos do Setor - Equipamentos
- Gprint Compacto - Prêmios - Notícias   - Serviços
- Glink - Informação sem fronteiras - Localização      
- Consultoria de Custos - Contato      
- Serviços de Apoio        
         
 
TEL: +55(11) 3885.0500
E-mail: atendimento@calcgraf.com.br
Endereço: Rua Teixeira da Silva, 660 - 12º andar - Paraíso
São Paulo - SP - Brasil | Cep:04002-033
Calcgraf - todos direitos reservados